Um momento para recolher-se

Hoje, dia 21 de maio de 2019, chove aqui em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

Muitas pessoas podem encontrar neste tempo chuvoso e ameno uma oportunidade para debruçar-se sobre trabalhos manuais e trabalhos técnicos de ordem profissional. Usar a criatividade e a inteligência, na elaboração de algo prazeroso.

Contudo, outras tantas pessoas entendem que, apesar dos compromissos e agendas cheias, hoje o dia será de descanso.

A correria do dia a dia, o trânsito engarrafado, a possibilidade de acidente, hoje maior devido a condições climáticas, tudo contribui para a escolha de descansar.

Descansar como sinônimo de aquietar a mente, curtir um chimarrão, bebida típica do Rio Grande do Sul, ou até mesmo um café, além de tranquilizar a mente com técnicas de yoga, meditação e respiração.

Ao final, tanto quem busca se ocupar com trabalhos manuais e técnicos de qualquer ordem, quanto quem escolhe descansar, em comum, essas pessoas só buscam uma coisa: liberdade!

Liberdade para escolher, para viver, para desfrutar, cada um do seu jeito, a arte de ser feliz.

Escolhas, cada um faz as suas! A mim, cabe respeitar e entender que as escolhas individuais, produzem liberdades individuais, que no coletivo se potencializam em um momento mágico de transformação e reflexão em torno do que mais importa: ser feliz.

Mas quais são as dicas para se cultivar a felicidade? Bom, posso mencionar várias, mas me atenho às seguintes, pelas formas de crescimento que elas apresentam:

1 – Superar-se a cada dia, transformando as dificuldades em desafios a serem alcançados.

2 – Esquecer-se de tudo aquilo que te desmotiva de alguma forma, sejam esses pensamentos ou pessoas.

3 – Alimentar-se de esperança em todos os momentos da vida.

4 – Amar-se acima de tudo, compreendendo que o importante em primeiro lugar é você.

5 – Gratificar-se todos os dias pela vida que você tem, e que ainda está por vir. Presenteie-se com algo especial, um chocolate, uma roupa, um passeio, e se lembre sempre de que você é mais forte do que imagina.

Atitudes e pensamentos positivos que são reforçados todos os dias se transformam em hábitos e posteriormente se tornam comportamentos.
Nesse dia chuvoso aqui no sul, e talvez ensolarado aí, quais são as escolhas que te fazem feliz?

  • Claudia Luisa Brand é Psicóloga Clínica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *