Menos é mais; muito mais

Sou da geração de mulheres que colocou a formação e a carreira como prioridades e, para isso, adiou casamento e protelaram filhos.

A convivência entre mulheres de diferentes gerações passou a ser rara. Não havia tempo a ‘perder’ com conversas sem resultados. Eram necessários foco, metas, conquistar, produzir. Vivia-se correndo, de um compromisso a outro.

Para aliviar a ansiedade e estresse, nada como ir às compras! Testemunhei o despontar do consumismo, dos shoppings, cartões de crédito e compras pela internet.

Armários tornatam-se depósitos superlotados de roupas que não eram usadas. Relacionamentos afetivos ficaram tão descartáveis como as roupas. Mulheres passaram a ser as maiores usuárias de antidepressivos e terapias.

Há três anos, eu já havia saído desta hipnose coletiva. Mas, tal qual meus antepassados, encontrava-me em meio a uma tempestade.

Muita correria, muito trabalho, agenda lotada, sem tempo para a família, ansiosa. Tendo sucesso, mas a que custo? Assim como meus ancestrais, decidi cortar mastros.

Vendi meu carro, parei de comprar roupas e sapatos, abri mão da empregada e do salão de beleza, substituí cosméticos por óleo de coco. Fiz um detox no armário, na casa, na biblioteca, na papelada.

Adotei um estilo de vida mais minimalista. Uma arara com roupas, e estava sempre bem vestida. Uma pequena necessaire de maquiagem, e me maquiava todos os dias. Aprendi a cuidar do meu cabelo, e ele estava sempre arrumado, assim como minhas unhas.

Enquanto organizava a casa, abastecia a mente e harmonizava as emoções. Passei a ter tempo para o marido, família e amigas, com as quais tenho longas conversas de mulheres.

Neste período sabático, meu marido assumiu o sustento da casa e uma mágica aconteceu: entrava menos dinheiro, mas sobrava mais para realizar importantes sonhos.

Desta experiência resultou o que parecia impossível: consegui ampliar a conversa de mulheres, transmitir muito mais conteúdo, realizando a minha missão de resgatar a elegância. E o que é melhor: sem sair da minha amada casa!

  • Ana Schmitz é Personal Life Stylist