Como é para você?

Sobre o tempo…

 Sempre tive receio de ser mais um dos apressados do mundo. Via as pessoas correndo, desajeitadas, e não queria ser assim. Sem estética alguma no comportamento, quase embrutecidas às vezes; mal-educadas com os outros e sem elegância consigo mesmas. Como consultor conheci muitas empresas em que se corre muito, porém não se sai do lugar. Trabalha-se oito horas por dia e não necessariamente ganha-se vantagens de mercado. Será, então, que os benefícios são organizacionais? Dificilmente. Pois na maioria das vezes a confusão e a desordem só aumenta com a pressa. Brigando com o tempo, normalmente saímos perdendo. Mais do que administrar o tempo, precisamos qualificar o tempo. Como lidar com o futuro? Ele sempre vem, não é preciso “ir atrás” dele. É como se as imagens do futuro fossem ligadas inexoravelmente a nós e a simples modificação do que pensamos, sentimos, falamos e fazemos permite um encaixe, uma conexão justa. Como lidar com o passado? Talvez a chave seja a seleção das vivências válidas de se guardar. Umas, precisam estar sempre presentes. Outras, podemos deixar passar. E há ainda aquelas cujo melhor lugar é o esquecimento. Tudo que fazemos gera algum lixo, não é assim? Logo, à lixeira o lixo. Ficamos mais leves para andar dia-a-dia assim. Como lidar com o presente? Estando com máxima atenção, sempre disposto, com coragem e determinação. Nunca com dispersão, negligência ou covardia. O presente é o lugar favorito de Kairos. É aí que podemos encontrá-lo. Tiago Grandi, consultor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *