A incerteza como nossa aliada

Parece que vivemos uma eterna transição, sem nunca chegar a um porto seguro. Tudo parece mudar o tempo todo…

Apesar de o tempo ser relativo, parece que é cada vez menor. As transformações acontecem de forma tão rápida; parece que temos urgência o tempo todo. Deparamos-nos com inteligência artificial, manipulação genética, neurociências, tecnologia que nos surpreende a cada dia, entre tantas outras situações, colocando-nos a cada dia frente a frente com o incerto, como que se tivesse que aprender sempre, para poder enfrentar e acompanhar a realidade, nos perguntando sempre se o que estamos fazendo é realmente o que queremos ou o que podemos, ou se estamos fazendo o que nos é imposto, porque temos medo de julgamentos, ou fazemos aquilo em que “acreditamos” ser o que podemos, nos causando muitas vezes frustrações.

Quantas vezes quisemos tomar um rumo diferente, mas ficamos com medo do julgamento? Criamos culpas em cima de culpas pelas nossas escolhas. Parece que estamos esquecendo-se de usar os nossos filtros nas informações, em relação aos nossos desejos.

Dificilmente teremos a certeza de que estamos SEMPRE fazendo o que é certo, pois como seres únicos temos o direito de pensar, sonhar e viver de forma única, sempre se respeitando e respeitando os outros, sempre usando o que chamamos de “bom senso”.

A incerteza é um dos fenômenos que determinam nosso comportamento e, consequentemente, nossas vidas – e vivemos permeados de incertezas. Devemos aprender a utilizá-la como nossa aliada, pois é através dela que nos damos o direito de avaliar a cada minuto o nosso futuro. Por conta de nossas incertezas que conseguimos acreditar na “outra possibilidade”, que buscamos a esperança para superarmos as situações difíceis de nossa vida. Não importa se você chama de esperança ou de fé, o importante é acreditar sempre em você, nos seus desejos, nos seus sonhos. Somos o que pensamos.  Marcia Rampani, psicóloga

[fb_button]

 

Você lida bem com incertezas? Veja matéria completa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *