Certezas


Nem tudo são certezas na vida: a profissão, os relacionamentos, alguns conceitos, alguns “pré-conceitos”. Bem, na verdade, há mais incertezas do que certezas. E nessa incerteza é normal perdermos o foco no que faz bem, no que faz feliz, pelo conceito do ter: ter diploma, ter o melhor carro, viajar o mundo inteiro, a melhor casa, ter dinheiro, ter sucesso, fama!
Também é comum perder a prioridade nas nossas próprias escolhas, como se dela não tivéssemos mais domínio: como se a família, os amigos, os filhos, o emprego mudassem a nossa essência. De fato há mudanças indiscutíveis, mas às vezes é hora de retroceder e buscar a essência interior, buscar a felicidade no trajeto e reavaliar o caminho até ali: se as escolhas que estou fazendo me fazem feliz, se estou desempenhando meu melhor papel, minha missão de vida, os sonhos que tanto almejo.
Não podemos culpar, ou melhor, responsabilizar alguém pelas nossas escolhas. Elas são nossas, independentemente dos frutos que elas geram. Portanto, dizer ao filho ou ao marido/esposa que não chegou aonde gostaria porque estão na sua história ou porque de algum modo impediram a conquista do sonho idealizado é mera hipocrisia. Temos que ser protagonistas da nossa própria trajetória, ter fé e fazer o melhor para conquistar aquilo que se almeja, e principalmente curtir o caminho, que muitas vezes não é o esperado, mas pode ter sido o que mais se viveu.
Sempre tento pensar o quanto de fato estou vivendo o momento presente, a certeza, e não a incerteza do ter, ou do planejamento futuro ideal, para a conquista de algo, e nesse ínterim me pego a respirar o futuro e viver muito pouco o presente, este o único de fato eu tenho. A vida passa, mudanças vêm e certeza quase alguma nos cerca, a não ser a nossa fé, que está ligada ao ser e não ao ter. Portanto seja feliz, e faça acontecer na sua história, não espere pelo amanhã ou pelas oportunidades, realize sua vida da melhor maneira!

Juliana Borba Soares
Coach e Coautora das obras de Gestão Pessoal da Editora Pragmatha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *