Aceito ou compreendido, você sabe a diferença?


Ser amado todos nós desejamos e sabemos exatamente (ou quase) o que é amor, mas você sabe o que significa efetivamente ser aceito? Conhece a diferença entre ser aceito e ser compreendido? Vamos à nossa reflexão de hoje.
Você consegue ser aceito, mas pode não ser compreendido, pois aceitar é consentir algo ou alguém de maneira voluntária e sem oposição.
Antes de querer ser aceito, lhe pergunto: você se aceita como é? Se você sabe conviver com seus erros do passado, fazendo deles aprendizado para o presente, encara o futuro com oportunidade de crescimento e felicidade. Então sua resposta é afirmativa, você se aceita como é.
E o outro, você aceita? Se não tolera erros e equívocos, sem enxergar o bem dos comportamentos ou ações, sua resposta é “não”! Prefiro acreditar que você respondeu “sim”.
Aceitarmos o próximo, é quando nos sentimos à vontade ao seu lado, quando e reconhecemos como semelhante e queremos dividir com ele o universo, quando reconhecemos sua existência humana.
Aceitar é difícil, no entanto é ainda de longe mail fácil que a compreensão. Para você compreender o outro é preciso mergulhar no universo da pessoa, requer uma análise, reflexão na busca em saber quais razões, motivos, medos, alegrias, dúvidas, frustrações que o tornaram tão humano quanto você.
A compreensão é uma imersão maior na individualidade do outro, exige um profundo senso de humanidade e compaixão. Portanto, ser compreendido está muito além de ser aceito. Enquanto a aceitação reconhece a condição humana, a compreensão reconhece alguém como Ser humano, mas também as razões, motivos, medos, alegrias, dúvidas, frustrações que o tornam humano igual a você.
Para compreender o outro, antes é necessário que você se aceite e se compreende, em outras palavras, que você tenha um grau elevado de autoconhecimento, de desenvolvimento humano e inteligência emocional ampliada, reconhecer sua missão de vida, antes de buscar compreender o outro.
Os processos de coaching facilitam sua compreensão de si, com ferramentas e técnicas específicas que impulsionam para o autodesenvolvimento, autoconhecimento e amplia sua inteligência emocional consideravelmente.
Como coach, sonho com o dia em que nossos sucessores aprendam nas escolas a trabalhar, identificar e controlar suas emoções, ampliando o autoconhecimento para olhar com olhos de bondade, carinho e amor ou próximo!
E então vocês devem estar se perguntando: mas e quanto ao amor?
O amor aceita, compreende e ainda examina semelhanças, diferenças, busca admiração, identifica a química da atração. São frações de segundos que faz você querer estar perto daquela pessoa ou seu animal de estimação, até mesmo aquele beija-flor que todas as manhãs vem nas flores do seu jardim.
O amor é uma emoção sublime à compreensão humana, pois é divino. Existem muitas formas de amor, e todas valem a pena.
A emoção amor, está conosco a todo instante, e de todas as maneiras.

Lorena Fontoura
Coach, coautora das obras de Gestão Pessoal da Editora Pragmatha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *